A pesca esportiva é uma modalidade que vem conquistando cada vez mais adeptos e admiradores. E, quando o assunto são as grandes capturas, a traíra é uma das espécies mais desejadas. Seja pela atitude agressiva ou o aspecto desafiador da espécie, a pesca requer cuidados e instruções específicas do pescador.

Quer melhorar a sua técnica e ter sucesso em suas pescarias? Este é um miniguia para que você aprenda como pescar traíra com mais agilidade e eficiência. Confira!

Características da traíra

Conhecida por suas enormes presas afiadas e características de peixe jurássico, a traíra é extremamente forte, voraz e violenta em suas caçadas. Ela se alimenta de pequenos peixes, crustáceos e anfíbios. Pode pesar até 3 quilos e ter aproximadamente 60 centímetros de comprimento.

Todas essas características, do comportamento à aparência, fazem da traíra um dos peixes mais populares e procurados entre os fãs da pesca esportiva.

Local da pesca

O primeiro passo para a pesca de qualquer espécie é definir o lugar da atividade. E com a traíra não é diferente. A escolha do local onde você irá pescar vai definir as espécies que encontrará e o tipo de equipamento que deverá usar.

Apesar de serem muito comuns na Amazônia, as traíras são encontradas em praticamente todas as regiões do Brasil. Elas preferem se localizar em meio às correntezas, mas também é possível encontrá-las entre troncos e vegetações aquáticas, o que pode exigir um pouco mais de paciência.

Tipos de iscas

Definido o local da pesca, é necessário saber qual é o melhor tipo de isca a ser utilizado. A escolha do equipamento vai variar de acordo com a área de pesca, mas no geral a traíra prefere iscas nas cores pretas, vermelhas e amarelas.

Para locais com pouca correnteza, o mais provável é que as traíras estejam localizadas em áreas escuras, com pouco movimento. Nesse caso, tanto as iscas naturais como as artificiais garantem boas fisgadas. Se você for pescar em algum ambiente aberto e com correnteza, a isca artificial é a melhor escolha.

É importante destacar que, para a pesca da traíra, é recomendado o uso de anzóis reforçados. Assim, você vai evitar que o equipamento estrague ou abra durante a captura de um grande exemplar da espécie.

Época da pesca

Apesar de a espécie ser encontrada em todas as estações do ano, uma boa dica de como pescar traíra com sucesso é se atentar às épocas de alta temporada.

Os melhores meses para a pesca são entre dezembro e março, quando as traíras se alimentam com maior frequência. Além disso, esse é o período pós-reprodução, quando elas estão ainda mais ferozes e atacam qualquer coisa que se aproximar.

Emocionante, não é? Agora, que você já sabe todas as dicas de como pescar traíra, é hora de colocar as nossas instruções em prática! Seguindo todas as orientações, é possível garantir uma pesca inesquecível e de grande sucesso.

E aí, gostou dessas informações? Quer saber mais sobre o assunto? Confira 3 dicas de segurança para a pesca com caiaque.

Banner-Blog-Dourado-do-Rio