Cada peixe tem características específicas que devem ser analisadas por um pescador antes de tentar fisgá-lo. E para pescar pirarucu não é diferente, é preciso conhecer as técnicas para facilitar a prática. Essa é uma espécie que vive em água doce, sempre nadando em locais rasos e subindo até a superfície para pegar ar de vez em quando.

O pirarucu, também conhecido como bacalhau da Amazônia e arapaima, é forte e um dos maiores peixes com escamas do Brasil, pois pode chegar a um tamanho de até 3 metros e um peso de aproximadamente 200 quilos. É típico da bacia Amazônica e gosta de ficar na várzea, especialmente em locais nos quais a água é calma, de cor mais clara e de até 37ºC.

Quer tentar pegar um pirarucu dos grandes sem risco de espantá-lo ou perder a luta? Continue acompanhando o conteúdo para conferir as nossas dicas!

Escolha os melhores tipos de iscas e saiba como arremessá-las

Por ser um peixe carnívoro, você pode utilizar de isca peixes como tilápias e traíra, além de insetos, salsicha e algumas iscas artificiais. O ideal é sempre colocá-las em anzóis de formatos circulares, uma vez que eles garantem maior firmeza e segurança para aguentar o peso do pirarucu.

Também é preciso tomar cuidado com a maneira que a isca é arremessada. O ideal é se manter e lançá-la a, no máximo, um metro do peixe e, no mínimo, 50 centímetros. Isso é especialmente importante porque se você estiver muito distante, terá dificuldades e precisará de muito esforço na hora da luta. Agora, se estiver muito próximo, corre o risco de espantar ele.

Conheça os hábitos do pirarucu

Como essa espécie de peixe tende a nadar em círculos, passear pela beira de lagos, próximo às plantas e subir para pegar ar quase sempre no mesmo lugar, recomendamos fazer uma pesca visual. Assim que encontrar o pirarucu — o que não é difícil, já que eles são enormes e ficam em águas límpidas — fiquei apenas observando seu trajeto.

Quando entender a dinâmica dos movimentos, já pode lançar a isca no local onde ele costuma subir, mas antes que ele chegue até lá. Lembrando que é durante as secas que esse peixe mais procura por águas calmas para se reproduzir. Então fiquei de olho!

Entenda o que você deve evitar para pescar pirarucu

Durante a pesca esportiva, caso você acerte a isca em cima do pirarucu ou muito próxima a ele, são grandes as chances de que ele seja espantado e você o perca de vista. Por isso, fique atento para não movimentar muito a água perto do peixe para não assustá-lo. Ah, e vale também evitar as redes e outros equipamentos nesse momento.

Sendo assim, se você está considerando pescar pirarucu na sua próxima aventura, vale ter paciência, estar preparado com uma boa isca e procurar o lugar certo. Dessa forma, terá grandes chances de encontrar esse peixe e fisgá-lo.

Nossas dicas sobre a pesca de pirarucu foram úteis para você? Aproveite para conhecer também 6 espécies de peixe para realizar a pesca esportiva no Brasil!