Conheça 8 peixes venenosos para você tomar muito cuidado!

peixes venenosos

A pescaria é um momento de lazer para ser apreciado com familiares e amigos. Mas a diversão da pesca esportiva pode ser interrompida por surpresas desagradáveis, como acidentes com peixes venenosos. 

É comum que pescadores se preocupem com bichos que podem causar algum tipo de ferimento. Geralmente a preocupação se volta para mordidas ou picadas, mas não esperam que esses bichos sejam peçonhentos.

Conhecer bem o local de pesca e os peixes que habitam a área é o primeiro passo para evitar ocorrências inesperadas. Veja, neste post, alguns animais que têm venenos poderosos para ter mais cuidado nas suas pescarias!

Onde vivem os peixes venenosos?

Esses peixes são encontrados tanto em água doce quanto em mares e oceanos. Por isso, é necessário redobrar o cuidado ao pescar com amigos em lugares desconhecidos em que vocês não tenham o hábito de frequentar.

Com quais peixes devo tomar cuidado?

Separamos 8 espécies para que você conheça um pouco dos perigos que habitam rios e oceanos e também para informar sobre os males que o contato com esses peixes pode causar. Confira!

1. Peixe-pedra

A espécie marinha é encontrada nos oceanos Indo-Pacífico (mais abundantemente na região da Austrália e Oceania) e é considerada uma das mais perigosas quando se trata de peixes venenosos. 

O veneno desse animal se concentra em seus 13 espinhos dorsais, e sua picada causa uma dor aguda, vômito, diarreia, paralisia, inchaço e dificuldade em respirar. Em maiores doses, se a pessoa não receber o tratamento adequado a tempo, pode levar à morte.

peixes venenosos
Peixe-pedra: batizado graças à sua aparência, possui veneno letal.

Curiosamente, em alguns países asiáticos como Filipinas, Japão e China, o peixe é servido em restaurantes como sashimi. Por ser um animal difícil de encontrar e limpar, seu valor é bastante elevado.

2. Baiacu

Conhecido por se inflar como um balão ao se sentir ameaçado, o baiacu está presente nas águas da América Latina e em águas subtropicais ao redor do mundo. No Brasil, é muito abundante entre as regiões Sudeste e Nordeste.

Existem mais de 120 espécies catalogadas e, por mais que pareça um animal bonito e inofensivo, o baiacu é venenoso, e a ingestão dessa substância pode ser mortal. 

Isso porque contém tetrodotoxina, uma neurotoxina que bloqueia a ação nos nervos e é 1.200 vezes mais forte que o cianeto. Com essa potência, peixe tem um dos venenos mais letais conhecidos e é capaz de matar uma pessoa em poucos minutos.

O maior perigo em relação ao veneno do baiacu é em relação à ingestão. Mesmo assim, todo cuidado é pouco, portanto, ao pescar o peixe, tome cuidado ao manuseá-lo.

3. Peixe-escorpião

Diferentemente do baiacu, esse peixe (que empresta o nome de outro animal peçonhento) não é tão letal, apenas se a pessoa picada não receber os devidos cuidados. O veneno do peixe-escorpião fica inoculado e ele utiliza seus ferrões, localizados nas nadadeiras, para se defender.

Com hábitos solitários, esse peixe habita rochas, areia ou lodo, principalmente na região do Oceanos Indo-Pacífico e Atlântico, e no Mar do Caribe. Ao se sentir ameaçado, ele injeta seus ferrões na vítima, provocando dor intensa.

peixes venenosos
O veneno do peixe leão é injetado por seus ferrões.

4. Peixe-leão

O habitat desse peixe é entre os recifes e corais dos Oceanos Índico e Pacífico. Apesar da sua beleza, o peixe-leão apresenta um veneno que causa dores de cabeça, fraqueza muscular, náuseas e vômito, porém não chega a ser fatal.

A espécie pode ser criada em cativeiro e aquários, mas, por ser um peixe carnívoro, ele devora pequenos peixes que ficam no mesmo ambiente.

5. Niquim

Esse pequeno peixe, que costuma medir até 15 centímetros, pode causar um grande estrago. O niquim (também chamado de beatriz e peixe-diabo) habita principalmente a zona de transição entre água salgada e doce do litoral Norte e Nordeste e é responsável por entre 50 e 100 acidentes todos os anos no Brasil.

O veneno é injetado por meio dos espinhos localizados na cabeça, espinha dorsal e nadadeiras do animal. Ele pode causar febre, dor aguda, convulsões, edema, cefaleia e até necrose na região afetada. 

Os pescadores devem tomar muito cuidado com esse peixe! Sob hipótese nenhuma, coloque a mão, nem mesmo para tirar o anzol. Se for ferroado, procure ajuda o mais rápido possível.

Confira um vídeo da captura de um niquim no vídeo abaixo:

6. Arraia

Outro peixe que pode surpreender muitos pescadores é a arraia, às vezes chamada de raia ou batoidea. Esse animal habita diversas regiões do Oceano Atlântico, e as espécies de água doce também podem ser encontradas no Pantanal. 

Trata-se de um peixe muito grande, que pode chegar a medir 8 metros de envergadura e pesar 40 quilos. No rabo, tem um ferrão dentado e que injeta veneno, causando dor intensa,  vômitos, diarreia, sudorese e cãibras.

Lembre-se que pescar arraia é crime ambiental. Por isso, se acabar fisgando o animal, liberte-o cortando a linha.  

7. Bagre

Os bagres são muito conhecidos pelos pescadores por serem peixe com um ferrão que causa dores intensas, mas você sabia que as espécies marinhas são venenosas? Ou seja, além do ferimento, ele injeta um muco venenoso, que pode piorar ainda mais o quadro.

Ao capturar esse peixe, tome cuidado com seus três ferrões: dois nas barbatanas e um na nadadeira dorsal. Além disso, fique atento, pois o bagre costuma fazer movimentos bruscos e repentinos.

peixes venenosos
Os bagres marinhos podem injetar veneno por meio de seus ferrões.

8. Peixe-Aranha

Esses peixes venenosos de água salgada habitam os Oceanos Pacífico e Atlântico e também regiões do Mar Mediterrâneo. Ficam escondidos nas profundezas, onde se afundam na areia, deixando só os olhos à mostra, tornando-se um perigo para banhistas descalços.

Na região dorsal e nas guelras, os peixes-aranha têm, como mecanismo de defesa, espinhos venenosos. Ao ser atingido, o pescador terá uma dor muito intensa durante cerca de 30 minutos, porém isso não ocasionará maiores ameaças à saúde.

Para evitar acidentes de pesca com peixes venenosos o melhor a se fazer é ter cuidado ao pescar essas espécies e sempre ter atenção por onde sai o veneno letal. Equipamentos de pesca e de segurança adequados e organizados devem ser prioridade quando a pescaria envolver essas espécies.

Se você gostou desse conteúdo e quer receber novas dicas sobre pescaria, preencha o formulário abaixo e assine nossa newsletter!

8 comments

  1. Peixe pego em alto mar pode ser solto? Há quem diga que eles morrem por causa da profundidade …falso ou verdadeiro

      1. Gostaria de saber qual nome do peixe escuro e cascudo v, q fica na parte decareia , da água , seu veneno fica no esporão um líquido vq causa febre , dor de cabeça dor no corpo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *