Se você ainda não sabe quais são os motivos que fazem a pescaria em Furnas ser um verdadeiro encanto para os pescadores, chegou a hora de saber mais. Afinal, estamos falando de um dos maiores lagos artificiais da America do Sul, portanto, ainda que você não pesque uma quantidade incrível de peixes, sairá deslumbrado com as belezas do lugar.

Com mais de 3.500 km de margens e localizado no Sul e Sudeste de Minas Gerais, Furnas chega a bater recordes de extensão quando comparado ao litoral do país. A represa de Furnas (ou o famoso “mar de Minas”) faz parte de 34 municípios do Estado e oferece uma infraestrutura essencial para pesca.

Mas e aí? Como saber onde pescar os melhores peixes? Para fazer uma visita de sucesso a esse paraíso, é preciso conhecer alguns segredos. Continue acompanhando este artigo para saber.

Quais as melhores épocas para pescaria em Furnas?

O período entre março e outubro é a melhor época para pescaria nesse local. Prefira visitar no começo da temporada. A represa de furnas é muito popular e a intensidade da atividade turística pode acabar com a tranquilidade desejada durante a alta temporada.

Quais os melhores lugares para a pesca?

Para saber onde são os melhores lugares para pescar você precisará observar a vegetação. Os tucunarés de Furnas, por exemplo, preferem os arbustos conhecidos como “unhas de gato”. Finos e densos, esses vegetais se espalham ao longo do lago e são observados com mais facilidade quando o nível das águas diminui (entre setembro e fevereiro).

Em outras épocas do ano, a vegetação toma mais espaço, exigindo o uso de iscas mais específicas. Vale observar também outras estruturas, como a presença de pedras e ilhas submersas. Nesse caso, os guias da região podem ajudar.

Quais os peixes mais comuns na região?

A represa oferece condições interessantes para a pescaria, bons pontos de pesca e ótimas espécies piscianas, como o Tucunaré, Trairão, a Corvina e o Pintado.

Nas proximidades, que possibilitam a passagem de água por cima de aterros existentes no lago, é muito comum encontrar Lambaris. Tilápias e Piaus não são raros na região, embora exijam uma ceva adequada.

Grande parte dos espécimes de peixes é facilmente pescada nas margens, uma vez que você conheça os melhores pontos.

Aqueles que puderem contar com um barco e iscas naturais, como tuvira e lambari, poderão pescar tanto o Tucunaré quanto o famoso Dourado (de 1,5 a 2,0 kg). Além disso, há também o Tucunaré Azul, cuja pesca é permitida o ano inteiro e é uma das maiores atrações locais.

Se o pescador quiser usar o seu próprio barco, é necessário se informar quanto aos lugares de acesso.

É possível pescar tilápias?

Sim! A pescaria em Furnas pode emocionar você ao reservar tilápias de bom tamanho para a sua isca. Sabemos que esse é um peixe briguento e difícil de ser fisgado. No entanto, ele tem uma das melhores carnes do país e pode ser consumido de diversos meios.

Para ter boas chances, é preciso estar com os melhores equipamentos para as condições da represa. Recomendamos o uso de uma vara telescópica adaptada para pesca com molinetes (micro) e linha 0,25. Para cevar, a ração ceva peixe é uma boa opção, bem como a ração de coelho com farelo de arroz. Já a isca pode ser bichinho da laranja e minhoca.

Agora que você já sabe mais sobre os principais segredos da pescaria em Furnas, aproveite para assinar nossa newsletter e ficar por dentro de nossas novidades.